sábado, 19 de março de 2016

Sou mamã... E agora!?


Olá mamãs!

É com enorme prazer que vos apresento o blog The Sweetest Pi!

Se ainda não conhecem, aconselho imenso a visita. A mamã Filipa conta-nos, de forma doce e divertida, as suas aventuras de recém mamã, as descobertas que vai fazendo no mundo dos bebés e partilha imensas dicas úteis e receitas deliciosas!

O texto que vos deixo abaixo foi o resultado de um desafio da mamã Filipa, que adorei! É uma nova rúbrica do The Sweetest Pi: uma séria de guestpostings intitulada: «Sou mamã... E agora?», onde várias mamãs irão responder a algumas questões sobre o que mudou com a chegada do bebé e deixar algumas dicas para as futuras mamãs. 

Não percam os próximos posts e visitem o blog da mamã Filipa.

The Sweetest Pi






Sou mamã... E agora!? # 2

Ahhh, de repente, somos mamãs! O quê? Como?! E agora!?
Nada temam, a pensar em todas as futuras e recém-mamãs, começa hoje uma série de guestposting que contará com a participação de várias super-mamãs!

Nova participação de uma super-mamã! Hoje temos a Ana, do Aprendendo a ser Mamã. A Ana juntou-se ao clube das mamãs em 2013, com um rapazinho. Toca a acompanhar as suas aventuras num blog doce, genuíno e divertido!



- A família cresceu! Com o que não contavas nas primeiras semanas com o bebé em casa?

Bem, acho que sendo o nascimento do meu primeiro bebé, tudo foi novidade. Contava com o dormir pouco, porque toda a gente me tinha avisado sobre isso, mas quanto ao resto, foi um processo de descoberta constante. Adorei e adoro cada momento. É a melhor coisa do mundo segurar no nosso bebé, vê-lo a dormir e a mamar. Observar cada detalhe, cada ruguinha fofa, cada mini dedinho gorducho! É desafiante, exige muito de nós, mas como toda a gente nos diz: vale tudo a pena.
Talvez com o que não estava a contar, DE TODO, fossem os 'banhos de xixi'... TANTOS! Em praticamente todas as mudas de fralda, nas primeiras semanas. Depois apanhei o jeito à coisa :)

- O que mudarias, se vivesses essas primeiras semanas novamente?
Acho que com um primeiro bebé novamente era difícil conseguir mudar, porque seria sempre tudo novidade. Por mais livros que tenhamos lido, nada nos prepara a 100% para a realidade de ser mamã e de ter um bebé pequenino em casa. É uma experiência que nos enriquece e que nos muda para sempre.
Mas agora se o meu pequenote tiver um mano ou uma mana, algumas coisas iam ser diferentes: ia estar mais calma, menos ansiosa e naqueles momentos de super birras, dói-dóis e afins já saberia que tudo passaria. Claro que, aposto, que iria continuar a acordar para verificar se o piolho estava a respirar (VÁRIAS VEZES!!), mas mãe é sempre mãe :) O medo de alguma coisa acontecer nunca vai embora, acho que aprendemos é a controlar melhor os nossos ataques de pânico :)

- Efetivamente, o que consideras essencial do enxoval do bebé? E o que é que bem podia ter ficado na prateleira da loja?
Essencial é definitivamente bodies interiores e calcinhas de algodão interiores também. Sujam-se várias por dia e são excelentes para aconchegar bem o bebé. Também aconselho a compra de um termo para as mamãs que, como eu, tiverem de dar leitinho em pó, a determinada altura aos bebés. Ajuda imenso! Principalmente nas mamadas a meio da noite.
O que poderia ter ficado na loja? A banheira/trocador 2 em 1. Era enorme e nada prático ter de encher e vazar a água. Usei menos de um mês. Comprei depois uma banheira insuflável e foi a melhor coisa que fiz :)

- Já se sabe, os conselhos chovem que nem em dia de tempestade! Mas quais os que realmente te fizeram sentido e ajudaram?
Sim, conselhos e dicas chovem mesmo... uns são efectivamente bons e ajudam imenso! Outros, nem por isso... para ser sincera, há uns que nem são bem conselhos, são mais pseudo-reflexões ou pseudo-comentários meio 'irritantes'... Mas adiante.

Três coisas que me disseram e que considero bastante úteis:
1) "Dorme quando o bebé dormir, vais precisar." (Só fiz isso 2 ou 3 vezes, porque havia sempre alguma coisa para fazer... lavar roupinhas, arrumar coisas, tratar da casa... mas reconheço que é um conselho excelente! Sono e cansaço são dois fiéis companheiros na jornada da maternidade.)

2) "Rabinho assado passa melhor com pó de talco." (Tiro e queda. Experimentei umas 7 pomadas e nada ajudava. Comecei a usar pó de talco e rendi-me!).

3) "Não vale a pena comprares muitas roupinhas durante os primeiros meses. Crescem tão rápido, algumas coisas vais ver que nem chegam a vestir." (Verdade! Aprendi esta depressa :) Ia comprando à medida que o pequeno crescia para perceber também como era o ritmo de crescimento dele e foi uma óptima dica!).

- Contas feitas, qual o maior conselho que podes dar a uma recém-mamã?
O melhor conselho é mesmo tentar ter calma e muita paciência. Ser mãe é desafiante em todos os sentidos e é uma aprendizagem constante. Nenhuma mãe sabe tudo, todas temos medo. Mas fazemos SEMPRE o nosso melhor, com TODO o nosso amor!


Publicado originalmente a 12 de Março de 2016, no blog The Sweetest Pi.

Sem comentários:

Publicar um comentário