quinta-feira, 20 de agosto de 2015

A Mamã é uma baleia! | A imaginação das crianças...

Bebé aprendendo a falar e imaginar
Dá para acreditar que o meu piolho de palmo e meio disse isto?!
“A Mamã é uma baleia”.
Aposto que esta frase não integra o TOP 10 das frases que as mamãs anseiam ouvir…
E vale a pena dizer que o meu marido (que ia no carro comigo e com a cria na altura do “incidente”, chamemos-lhe assim) se desmanchou a rir. Cá para mim, riu-se um bocadinho a mais da conta, mas ok… ;)
Em defesa do meu piolho, tenho que contextualizar a ‘coisa’…

Portanto, e como já referi algures, a mamã, o papá e o piolho estão em ‘modo férias’, o que, sendo Verão, pressupõe idas à praia.
Como o pequenote está, de dia para dia, a aumentar o leque de palavrinhas, adjectivos, verbos e afins, eu e o pai optámos por ‘apresentar-lhe’ novos “bichos da água”: golfinhos, tubarões, conchas, sapos, estrelas do mar, polvos, cavalos-marinhos, lulas, orcas, leões-marinhos… e, claro está, BALEIAS!
“Quiqui é uma ‘barão’ [tubarão]. Grrrrrr! Quiqui faz barulho ‘barão’ [tubarão], mamã, olha. Grrrr!”.
Eu (toda contente): “Boa, Quiqui. Muito bem. O Quiqui já sabe fazer o barulho do tubarão!”
“O papá e a mamã também são tubarões como o Quiqui, queres ver?” E lá fizemos os dois “Grrrrr!” e mostrámos os dentes ao pequenote.
15 segundos depois, e num tom de completa indignação, a amostrinha de gente salta-se com esta: “Não, mamã. Papá é uma povo [polvo]. Mamã é uma baleia. Não é barão [tubarão], barão só Quiqui.”
E pronto… Parece que sou uma baleia :D

Sem comentários:

Publicar um comentário