terça-feira, 1 de setembro de 2015

1º dia na creche depois das férias... Birra Gigante!


Primeiro dia creche infantário depois férias Birra gigante
E pronto, um dia as férias lá tinham de terminar. Por aqui, hoje foi dia de voltar ao trabalho e à creche.
E foi também dia de BIRRA Gigante!
O pequeno reguila habituado que estava com 'a boa vida' da praia, piscina, brincadeiras com os papás, passeios com a Maggie pela trela (que ele adora), idas ao parque, voltas nos baloiços e escorregas, visitas à quinta para ver os cavalos e patinhos, visitas aos avós e às tias, festarolas com música e carrosséis, não apreciou, de todo, o regresso à creche.
Logo de manhã, ao perceber que eu estava a preparar a mala da creche, sentou-se na mini secretária do quarto dele e disse: "Quiqui não quer ir à cola [escola]. Quiqui fica aqui a tabalar [trabalhar] muito, mamã. Tá bem?"

Lá expliquei que hoje tinha mesmo de ir para a escola, porque a mamã e o papá iam trabalhar. Mas que na escola ia ser muito giro porque estavam lá todos os amiguinhos e podiam todos brincar muito. E que era só um bocadinho, porque depois a mamã e o papá iam buscá-lo à escola outra vez e vinham todos para casa.
Claro que a cria achou, 'pois, sim, já conheço essa história' e iniciou a BIRRA.
A contragosto lá foi com a mamã para a garagem e entrou no carro. A coisa melhorou porque a mamã deixou ser o piolho a segurar no comando da porta do carro e do portão da garagem para ser ele a abrir e fechar tudo sozinho.
E lá seguimos rumo ao Colégio, um percurso que demora uns 15 minutos...
Durante os últimos 5 minutos do percurso, o piolho reconheceu o caminho e, obviamente, percebeu para onde ia. Numa tentativa algo desesperada de evitar o inevitável, decidiu argumentar sobre a situação e oferecer soluções alternativas ;)
-Quiqui não quer ir à cola [escola].
-Quiqui quer ir às bocas [compras].
-Quiqui quer ir tabalar [trabalhar] com mamã.
-Quiqui não gosta da cola [escola].
-Quiqui não quer ver amigos.
-Quiqui quer ir à praia.
-Quiqui tá tiste [triste].
-Quiqui chora muito.
-Quiqui tem uma dói-dói na biga [barriga].
E assim continuou até chegar (ao colo) à porta da sala dele, já dentro do Colégio.
Ao perceber que não havia volta a dar, o piolho agarrou-se à mamã, com toda a força possível aos seus bracinhos gorduchos, a gritar "Quiqui que ficar com mamã".
Momento doloroso para o piolho e para a mamã... :(
Custa tanto... o fim das férias e da rotina mais livre é tramada para nós que somos grandes... para os nossos pequenotes, que ainda estão a aprender como tudo funciona, é tremendamente pior...
Conforta-me saber que, nos próximos dias, a ida para a escola já vai voltar a correr melhor e vai deixar de parecer um 'bicho papão'.
E por aí, mamãs? Como correu o primeiro dia de escolinha dos vossos pequenos?
Fonte da imagem: www.sakidsonthego.com

Sem comentários:

Publicar um comentário