quinta-feira, 25 de junho de 2015

Objecto nadador não identificado | O Banho do Bebé

Banho do bebé
Chega o final da tarde e entramos na nossa rotina de preparar para dormir.
O piolho chega a casa da creche com as pilhas a dar "as últimas", são 18h. É a fase da birra por tudo e por nada, do sono, do 'mãe colo', do 'mãe, a chucha tá?', do 'mãe não', do 'mãe dói dedo', 'mãe dói biga'. Estão a ver o filme?...
E há apenas 3 passos simples a fazer antes de ir dormir:
1) tomar banho;
2) jantar;
3) lavar dentes, história, cama.
Claro que estes três passinhos se 'arrastam', inevitavelmente, por umas belas três horas e apenas às 21h, o piolho está a dormir. Podia ser mais rápido? Podia. Mas, geralmente, além das birras e do 'não mãe', há imprevistos...
Ontem houve um desses imprevistos... no banho.
Estava tudo a correr bem. Quando digo bem, quero referir-me ao facto de ele estar tão entretido a brincar com os bonequinhos na água e a colá-los com as ventosas na banheira, que não houve gritaria de fim do mundo enquanto eu, calmamente, lhe ia retirando a espuma do champô do cabelo.
Sinceramente, às vezes acho que os vizinhos devem imaginar a altura do banho cá em casa como um bebé pequenino a engolir litros de água com espuma, enquanto a mãe segura persistentemente no chuveiro apontando-o com maldade contra a cara da criança.
Os gritos de desespero dele transmitem essa ideia, eu acho.
Mas a verdade é que, na maior parte das vezes, eu tenho quase certeza de que nem água lhe passa pelos olhos (tal não é o meu medo de despoletar a gritaria :)
Mas, voltando a ontem.
Estava tudo a correr bem. Champô, amaciador, gel de banho. Tudo ok.

Piolho enxaguado e divertido a brincar.
Depois aconteceu o imprevisto...
Como faço todos os dias, virei-me para o lado, para o armário, para tirar uma toalha seca para o secar bem.
Passaram talvez 20 segundos. Ouço um 'olha mãe'.
E pensei, está a querer mostrar-me os bichinhos novos. Ele gostou mesmo deles, pensei ingenuamente.
Passaram talvez mais 10 segundos. Agarrei na toalha certa e virei-me para ele de novo.
NÃO ACREDITO!!
'Mãe olha cocó', disse ele todo orgulhoso.
Só consegui dizer, com entusiasmo médio: 'Boa, pois é. E agora temos de limpar o rabinho outra vez. Upa.'
..................
Além das 'bolinhas nadadoras' que estavam espalhadas pela banheira, a criaturinha tinha apanhado um... chamemos-lhe 'objecto nadador não identificado' e estava a espremê-lo todo contente com a mão...
E pronto, toca a apanhar as ditas bolinhas nadadoras, vazar a banheira, limpar a banheira e começar o banho de novo.
Imprevistos... A hora da cama ontem acabou por só ser as 21.30h...
Os vossos pequenos também já tiveram aventuras destas durante o banho?

Sem comentários:

Publicar um comentário